O juiz Marcos Willian, do 1º tribunal do Júri da capital decidiu manter preso Rodolfho Carlos Gonçalves da silva. A decisão foi tomada na tarde de hoje após audiência de Custódia.

Rodolpho foi preso no final da tarde de ontem, acusado atropelar e matar o agente de trânsito diogo nascimento, durante uma blitz da lei seca no bairro do Bessa aqui na capital.

O acusado não possui curso superior, motivo pelo qual o juiz decidiu que o mesmo deverá ser encaminhado para o presidio PB1.

 

A justiça já havia pedido a prisão de Rodolpho, mas um pedido de habeas corpus, concedido pelo desembargador Joás de Brito, antes mesmo de ser detido o mantinha em liberdade.

Outros Podcasts