Técnicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgam resultado de perícia e apontam desvio de finalidade dos gastos eleitorais na campanha que elegeu a  presidente afastada, Dilma Rousseff, e o presidente interino, Michel Temer, em 2014.

A ação proposta pelo PSDB foi autorizada em abril pela ministra Maria Thereza de Assis Moura e investiga três empresas responsáveis pela publicidade da campanha: Focal, Gráfica VTPB e a Red Seg Gráfica.

Outros Podcasts