RC afirma que Daniella deve ser considerada entre as opções ao senado na chapa do PSB

Governador não descarta a possibilidade de fazer aliança com o "partido dos Ribeiros" nas Eleições de 2018

Por Ytalo Kubitschek há 1 ano

“Na política tudo é possível”, já dizia o velho ditado e aqui na Paraíba não seria diferente. Ricardo Coutinho (PSB) afirmou que a deputada estadual Daniella Ribeiro (Progressitas) pode sim ocupar a vaga para o senado que está em aberto na chapa dos girassóis. O governador da Paraíba se reuniu na tarde desta terça-feira (3), na Granja Santana, com a parlamentar que esperava por quase um ano por uma audiência com o socialista.

Questionado sobre a possibilidade de Daniella compor a chapa de João Azevedo (PSB), Ricardo não mediu as palavras. “Eu acho que tudo é possível, depende da vontade, no caso aí dos dois lados. Mas, eu gosto sempre de deixar que outras pessoas ou partidos falem, por que eu não posso falar pelos demais. Eu acho que esse xadrez do senado tem passado muito pela região de Campina Grande, acho que ela tem perfil. Além de ser – que também conta né? – uma mulher com capacidade de desempenhar um papel diferenciado”.

O governador também reconheceu as posições contrárias da deputada ao seu governo, mas destacou a normalidade de tais atitudes e isso não pode ser empecilho para alianças.  “As críticas que ela ou qualquer outra pessoa faz são respeitadas, ás vezes são corretas e às vezes não. Nem por isso você vai negar a Paraíba, caso se dê dessa forma, uma convergência de fatores e forças para poder dar continuidade a isso e melhorar cada vez mais. Eu não decido chapa, o que eu acho é que os partidos estão ai para conversar e acho que a deputada é um nome que precisa ser considerado nesse leque de opções que todos nós temos”.

No entanto, a deputada estadual fez questão de ressaltar que seu encontro com o governador nada tem a ver com a formação de chapa para as Eleições 2018. “Essa audiência foi pedida dia 10 de janeiro e diz respeito às questões que interessa a Campina Grande, no sentido da segurança pública. Não há nenhuma pauta sobre as questões politicas partidárias. A gente está indo para uma pauta pré-definida e pré-agendas que trata da segurança pública da região”, disse Daniella.

Também participaram da reunião representantes de diversos segmentos da economia de Campina Grande. A reunião atende pedido de audiência feito no início deste ano. Dentre os assuntos discutidos estão os ataques a bancos no Estado e os casos da gangue à marcha-ré, registrados no comércio de Campina Grande.