​Operação Carnaval 2019: homicídios têm redução de 35% e roubos e furtos de veículos caem 24%

A queda nas ocorrências de assassinatos no período acontece ano a ano na Paraíba, desde 2016.

Foto: Secom-PB
Por Ângela Duarte há 6 meses


 Houve, no período de 1º a 5 de março, uma redução de 35% no registro de crimes contra a vida no Estado, com 11 casos contabilizados, seis a menos que no Carnaval 2018. A queda nas ocorrências de assassinatos no período acontece ano a ano na Paraíba, desde 2016, segundo relatório do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds).

De acordo com o documento, foram sete casos de assassinatos com uso de armas de fogo, dois com uso de arma branca e dois casos com objeto contundente. Em João Pessoa,além dos litorais sul e norte, foram três assassinatos este ano e quatro no ano passado. Na Região de Campina Grande, foram contabilizados quatro casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte, contra 10 no Carnaval de 2018, representando uma redução de 60%. No Sertão, de Patos a Cajazeiras, foram quatro ocorrências de homicídios.

Redução roubos e furtos de veículos 

No período de Carnaval, também houve queda nos registros de furtos e roubos de carros e motos em território paraibano. A redução foi de 24%, sendo 15 furtos e 20 roubos em 2019 e 29 roubos e 17 furtos no ano passado.

Prisões e apreensões 

 As Polícias Militar e Civil conduziram 270 pessoas às delegacias da Paraíba para a realização de procedimentos policiais. As prisões e apreensões aconteceram por: violência doméstica (40), lesão corporal (28), embriaguez e desordem (23), tráfico de drogas (22), conflito interpessoal (21), porte de drogas (13), desacato (12), ameaça (11), roubo a transeunte (11), mandado de prisão e/ou captura de apenado (10), entre outros. No período de Carnaval, 82 prisões em flagrante foram realizadas pela Polícia Militar e 123 veículos foram apreendidos.

O Corpo de Bombeiros Militar realizou 23 ações de combate a incêndios, 31 buscas e salvamentos, 200 atendimentos pré-hospitalares, 25 resgates de acidentados de trânsito. Nas áreas aquáticas, foi registrado apenas um óbito, e realizados 23 resgates, 12 crianças localizadas e 32 trabalhos de primeiros socorros. O resultado é trabalho de ações preventivas, como distribuições de pulseiras, com 3.302 crianças identificadas, leques, prestação de informação e advertência de riscos iminentes pelos guarda-vidas.

Crimes de importunação sexual 

Apenas três casos de importunação sexual foram registrados nas delegacias do Estado. Vale lembrar que, neste carnaval, foi colocada em prática a campanha “Meu Corpo Não é sua Folia”, organizada pela Rede Estadual de Atenção às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Sexual.

Com assessoria