Trump quebrou etiqueta real ao tocar as costas da rainha?

Na web, muitas pessoas se perguntaram se a atitude foi inapropriada

(WPA Pool/Getty Images)
Por Ângela Duarte há 3 meses

Claudia

Donald Trump frequentemente se envolve em polêmicas, seja por declarações polêmicas ou por atitudes consideradas “inapropriadas”. Desta vez, durante jantar no Palácio de Buckingham, muita gente na internet acusou o presidente dos Estados Unidos de ter quebrado a etiqueta real ao encostar nas costas da Rainha Elizabeth.

O ‘incidente’ aconteceu enquanto Trump honrava a rainha pelo seu trabalho durante a Segunda Guerra Mundial. “Da Segunda Guerra até hoje, sua majestade tem permanecido como um símbolo constante de tradições inestimáveis”, disse o presidente durante o evento de acordo com a People. “Ela incorporou o espírito de dignidade, dever e patriotismo que bate com orgulho em todos os corações britânicos”, completou o líder.

A Rainha, aparentemente, não se incomodou com o ocorrido. De acordo com o website da família real, Trump, tecnicamente, não violou nenhum protocolo.


“Não há códigos obrigatórios de comportamento quando se encontra a Rainha ou algum membro da família real, mas muitas pessoas seguem as formas tradicionais”, afirma o site oficial. “Muitas pessoas preferem simplesmente apertar as mãos da maneira habitual”, completou.

Logo, Trump apenas não seguiu com o tradicional. Mas não é a primeira vez que isso acontece. Em 2009, Michelle Obama abraçou a Rainha durante uma recepção no Palácio de Buckingham.

“Se eu não tivesse feito a coisa certa no Palácio de Buckingham, pelo menos tinha feito algo humano”, escreveu a ex-primeira-dama em seu livro. “Eu diria que a Rainha estava bem com isso também, porque quando eu a toquei ela só se aproximou, encostando sua mão enluvada levemente nas minhas costas”, contou.