Inep divulga as datas do Enem 2019

Inscrições deverão ser feitas em maio e as provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro

Por Ângela Duarte há 6 meses

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou na tarde de hoje, 27 de fevereiro, as datas da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, dois domingos.

As inscrições para o Enem 2019 deverão ser feitas entre os dias 6 e 17 de maio, pela internet. Poderão se inscrever estudantes que concluíram ou que estão cursando o ensino médio.

Os pedidos de isenção da taxa de inscrição poderão ser realizados entre os dias 1 e 10 de abril. No mesmo período, os estudantes que conseguiram o benefício no  Enem 2018 e não compareceram às provas precisarão justificar ausência para não pagar a inscrição no exame deste ano.

Quem pode pedir isenção no Enem?
> Estudantes que estão no terceiro ano do ensino médio em escolas públicas: ao informar que você está matriculado no último ano do ensino médio de uma escola pública, o sistema concede isenção automática. Vale lembrar que não é possível mudar os dados de escolaridade e socioeconômicos após feito o preenchimento no período de solicitação.

-> Participantes que se enquadrem na Lei Federal nº 12.799/2013: essa categoria é para estudantes de escolas públicas ou bolsistas integrais de colégios particulares que tenham renda familiar mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. 

-> Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico): os inscritos no CadÚnico são amparados pelo Decreto nº 6.135/2007, que concede isenção para participantes com renda familiar de meio salário mínimo por pessoa ou renda familiar total de até três salários mínimos. 

-> Participantes do Encceja: quem fez o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos.e conseguiu a certificação para ensino médio tem direito à isenção.

O valor da taxa de inscrição e outras informações sobre o exame serão divulgadas no Edital do Enem 2019, em março. No ano passado, a taxa foi de R$ 82.

Enem 2019
Pedidos de isenção/justificativa: 1 a 10 de abril
Inscrições: 6 a 17 de maio
Provas: 3 e 10 de novembro

1º dia do Enem: Redação; Linguagens e Códigos; Ciências Humanas
2º dia do Enem: Matemática; Ciências da Natureza


Como se inscrever no Enem 2019?
1 - Acesse a Página do Participante
As inscrições do Enem 2019 serão feitas na Página do Participante, entre os dias 6 e 17 de maio. O estudante deve informar seu CPF e data de nascimento, além de clicar nas imagens solicitadas.

2 - Dados Pessoais
A primeira página do sistema de inscrição do Enem 2019 vai pedir que o participante confira alguns dados pessoais (CPF, nome completo, data de nascimento e nome da mãe) e preencha outros (sexo, cor ou raça, número da identidade, órgão expedidor, UF onde a carteira de identidade foi emitida, estado civil, nacionalidade, UF e município de nascimento).

Na mesma página, será preciso informar o CEP de onde mora e completar o endereço. Caso não saiba o CEP, há como pesquisar.

3 - Atendimento Especial
Esta parte é para quem precisa de atendimento especial no Enem. Há dois tipos de atendimentos especial:

Atendimento especializado: baixa visão, cegueira, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, deficit de atenção, autismo, discalculia ou com outra condição especial, que comprovem por meio de laudo médico suas condições.

Atendimento específico: gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar. 

4 - Língua Estrangeira e Local de Prova
Esta tela é muito importante, pois as informações fornecidas aqui não poderão ser alteradas depois do fim do prazo de inscrições. O participante precisa optar por uma língua estrangeira (inglês ou espanhol) para a prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Além disso, deve indicar o município onde quer fazer as provas nos dias 3 e 10 de novembro.

5 - Escolaridade
A página sobre a escolaridade merece atenção, já que os dados não poderão ser alterados depois de finalizada a inscrição. Você deve indicar se já terminou o ensino médio, se está cursando e onde (escola pública ou particular, ensino médio regular ou supletivo, certificado do Encceja 2018).

Os estudantes do 3º ano do ensino médio de escolas públicas, ao informarem essa situação, ganham automaticamente a isenção da taxa de inscrição do Enem, mesmo não tendo solicitado a gratuidade em abril.

Os participantes que já concluíram o ensino médio ou que irão concluir até o final de 2019 poderão usar as notas do Enem para se inscrever no SiSU, ProUni e FIES. Já os estudantes que ainda estão no 1º ou 2º ano do ensino médio farão o Enem como treineiros e não poderão usar as notas para ingresso no ensino superior.

Quem fizer o Encceja 2019 e conseguir a certificação poderá usar o desempenho no Enem para entrar na faculdade pública ou privada.

6 - Questionário socioeconômico
Aqui você precisa preencher um questionário com informações suas e da sua família. Os dados servirão apenas para desenvolvimento de estudos do Inep. As respostas não poderão ser alteradas depois da conclusão da inscrição.

7 - Contato e senha
Informe um número de telefone fixo, um número de telefone celular e um e-mail único. O Inep vai usar o seu número de celular e e-mail para enviar comunicados.

Depois, escolha uma senha, anote e guarde em local seguro. A senha pode ter letras maiúsculas e minúsculas, além de números.

8 - Gere o boleto (para não isentos)
Quem não tiver direito à isenção ou teve o pedido negado terá que pagar o boleto. A taxa de inscrição pode ser paga em casas lotéricas, internet banking, agências dos Correios que tenham o Banco Postal ou app de agências bancárias.

Fonte: Brasil Escola