Médicos cubanos que querem ficar no Brasil vão receber ajuda de instituições

O nome da campanha é “Fica, doutor”.

Por Ytalo Kubitschek há 9 meses

Os cubanos que faziam parte do Mais Médicos e quiserem ficar no Brasil vão receber ajuda da ONG de direitos humanos Human Rights in Cuba e Associação Nacional de Juristas Evangélicos.

O nome da campanha é “Fica, doutor”. Os interessados em receber auxílio precisam mandar WhatsApp para (79) 99929-7869.

A Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) informou que 1.307 profissionais cubanos deixaram o país.

Desde que o acordo de colaboração para o Mais Médicos foi rompido por Cuba, sete voos fretados partiram rumo à ilha.