Posse de sindicato provoca transtornos e crime ambiental na UFPB

No mundo inteiro, o uso desse tipo de fogos de artifício vem sendo banido e uma das causas é o fato de fazerem mal a animais.

Por Ytalo Kubitschek há 4 meses

O sindicato dos servidores da UFPB provocou desconforto à comunidade acadêmica e à fauna da mata do Campus nesta segunda-feira (11). 

Para comemorar a posse da nova diretoria, foram lançados fogos de estampido durante toda a manhã, assustando alunos e professores nas salas de aula do Centro de Comunicação, Turismo e Artes. 

No mundo inteiro, o uso desse tipo de fogos de artifício vem sendo banido e uma das causas é o fato de fazerem mal a animais.

No caso da comemoração do Sintesp-PB, o problema se agrava, pois uma parte da reserva florestal do campus fica a menos de cinco metros do local de onde eles estavam espocando. 

Nessa área habitam vários tipos de mamíferos, como preguiças e sagüis. 

Como se não bastassem esses problemas, o Sindicato também fechou uma das principais ruas do Campus, atrapalhando a locomoção nos usuários habituais da artéria.

Ytalo Kubitschek