Exportação de carne de frango cresce quase 35% em abril, diz ABPA

China, que vem substituindo o consumo de carne suína por conta de surto de peste, contina sendo o principal comprador

Foto: Reprodução/TV TEM
Por Ângela Duarte há 4 meses

Fonte: G1

As exportações de carne de frango do Brasil avançaram 34,9% em abril ante igual período do ano anterior, atingindo 338,9 mil toneladas, informou nesta quinta-feira (9) a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

De acordo com nota da associação, as vendas das carnes in natura e processadas acumularam receita de US$ 563,9 milhões no mês, 17,3% a mais que em 2018.

As importações do produto brasileiro no período foram lideradas pela China, que adquiriu 39,1 mil toneladas em meio ao surto de peste suína africana que afeta suas produções de carne de porco, fazendo com que o país asiático busque opções para suprir sua demanda por proteína.

Os dados da ABPA, que incluem todos os produtos de frango, incluindo processados, vêm acima dos divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), que informara na semana passada uma exportação de cerca de 310 mil toneladas de carne de frango in natura, um avanço de mais de 30%.

No quadrimestre até abril, a ABPA aponta exportações de 1,278 milhão de toneladas, 0,8% acima de igual período do ano passado, com uma receita de US$ 2,107 bilhões, avanço de 1,1%.

O Brasil é o maior exportador global de carne de frango.