Preço do litro da gasolina em João Pessoa chega até R$ 4,57, aponta pesquisa

Procon de João Pessoa informou que notificou postos que subiram o preço do combustível para apresentarem justificativa.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco
Por Ângela Duarte há 5 meses

Fonte: G1

Alguns postos de combustíveis de João Pessoa apresentaram aumento de R$ 0,20 no preço do litro da gasolina nesta sexta-feira (24). Em uma pesquisa feita pela TV Cabo Branco, foi possível encontrar um posto de combustível vendendo gasolina a R$ 4,57 no litro da gasolina.

No posto em questão, os funcionários não informaram o porquê do aumento, explicando que receberam a ordem para que o valor fosse aumentado nas bombas de combustíveis. Alguns outros postos apresentaram valores menores para o litro da gasolina. Na estrada de Cabedelo, na Grande João Pessoa, foi encontrado o preço da gasolina variando entre R$ 4,37 a R$ 4,49.

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) informou que a última pesquisa de preço do litro dos combustíveis aconteceu antes do aumento. O secretário do Procon-JP, Helton Renê, explicou que, embora não tenha sido feita pesquisa, foi constatado que apenas alguns postos subiram o preço.

“Estaremos fazendo uma nova pesquisa. Esses postos que aumentaram estão sendo notificados para apresentarem as devidas justificativas. Caso aconteça algum irregularidade, vão ser penalizados de acordo com o código”, explicou.

Ainda de acordo com Helton Renê, o aumento repentino pode ter relação com o estoque de cada uma dos postos, porém, ainda que haja esse indício, o Procon-JP notificou os estabelecimentos que subiram os preços.

Alguns consumidores reclamaram do preço cobrado com aumento de até 20 centavos no litro da gasolina. Em um dos casos, o engenheiro Ademílson Ferreira, comentou que desistiu de abastecer ao se deparar com o preço majorado. "Fui botar gasolina, me deparei com esse preço, vou sair para procurar e ver se encontro outro no caminho que seja mais barato, ainda tem gasolina no carro, mas parece que a semana vai ser de sufoco", comentou.