Projeto de escola estadual é finalista de prêmio realizado nacionalmente

6ª edição do 'Programa Educar para Transformar' vai premiar R$ 30 mil para o projeto vencedor

Foto: Reprodução / Portabilis
Por Ângela Duarte há 3 meses

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Maria Emília de Oliveira Almeida, em Campina Grande, é finalista da 6ª edição do ‘Programa Educar para Transformar’, do Instituto MRV. Ela concorre com o projeto 'Papel na Tela', e é o única finalista da Paraíba. A última etapa da seleção é a votação pública no projeto, que pode ser feita no site www.institutomrv.com.br/pt/cha... até o dia 14 de junho. O prêmio será de R$ 30 mil para a realização do projeto.  

 
O projeto, idealizado pela professora Patrícia Silva Rosas, propõe que os alunos produzam as próprias biografias e depois façam o roteiro das histórias para a produção de um curta-metragem. Ele é desenvolvido com alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, com o objetivo de promover o resgate da própria história, fazendo com que reconheçam o espaço em que ocupam. O resultado com os 10 projetos mais votados será anunciado no dia 18 de junho.
 
“O projeto que propomos atuará na promoção da interação entre todos os agentes envolvidos na ação pedagógica (alunos, professores de diferentes disciplinas, equipe gestora e a própria comunidade). Isso porque o projeto visa práticas de leituras inovadoras e desafiadoras. Passando pela leitura de livros (biografias), depois pela escritura das próprias biografias dos alunos (livro digital), culminando o trabalho na produção de um documentário de curta-metragem para ser exibido nos cinemas da cidade. Todo o trabalho instiga o protagonismo dos nossos alunos”, ressaltou a professora.

Com Assessoria