Na POP FM: especialista explica guerrilha digital nas eleições

Jonathan Veras afirmou que eleições vão requerer um moderador humano para liberação das postagens.

Por Ytalo Kubitschek há 10 meses

A poucos dias do início das eleições, a internet já é campo de uma batalha intensa entre os partidários dos diversos pré-candidatos e a chamada "guerrilha digital" está sendo travada em ritmo acelerado.

Para falar sobre tema, o programa Sem Censura, da 89 POP FM, entrevistou o analista de sistemas e especialista em Mídias Digitais, Jonathan Veras. Ele discutiu sobre diversos temas no âmbito digital, inclusive sobre as chamadas "métrica de vaidade".

“As pessoas costumam acreditar, dar credibilidade a quem tem número. Seja de intenções de votos, de seguidores nas redes sociais e de buscas no Google. Esse aspecto nós chamamos de métrica da vaidade", explicou.

Jonathan Veras também falou sobre a disseminação das Fake News, que podem se tornar as novas armas dos marqueteiros, seguindo o exemplo do que foi feito na campanha dos EUA, na qual as redes sociais foram um trunfo decisivo para a vitória de Donald Trump. 

Ainda conforme Jonathan, os conteúdos publicados por meio de diversas ferramentas populares como Instagram, Facebook, YouTube, Twitter e blogs para serem classificados como "Fake News" e serem retirados do AR, vão requerer um moderador humano sempre no final, para dar o "aval" sobre o tema. Dificultando assim o combate a essas notícias. 

“A decisão final para a veracidade de um conteúdo é sempre humana”, falou.

O especialista ainda abordou diversos outros aspectos da Comunicação nas eleições deste ano.

No programa Sem Censura, da POP FM, Jonathan Veras foi sabatinado pelos jornalistas Antônio Malvino, Lenilson Guedes, Marcelo Piancó, Julliana Veloso e Ytalo Kubitschek.

Ouça a entrevista no podcast disponível acima.

RPN Online