Brasil se candidata para sediar Copa do Mundo Feminina da Fifa de 2023

Os candidatos têm até 16 de abril para submeter seus projetos. Esses planos serão divulgados no site da Fifa em outubro. A escolha da sede está programada para 2023

Foto: Reprodução
Por Ângela Duarte há 6 meses

A Fifa informou na manhã desta terça-feira (19) que o Brasil é um dos nove países que apresentaram candidatura para sede da Copa do Mundo Feminina de 2023. Disputa com três nações sul-americanas (Argentina, Bolívia, Colômbia), duas asiáticas (Japão e Coreias do Sul e do Norte juntas), duas da Oceania (Austrália e Nova Zelândia) e a África do Sul. Nenhum dos concorrentes recebeu o torneio até hoje. É a maior lista de interessados desde o começo da competição, em 1991.

Os candidatos têm até 16 de abril para submeter seus projetos. Esses planos serão divulgados no site da Fifa em outubro. A escolha da sede está programada para 2023.

A próxima edição da Copa do Mundo Feminina da Fifa é na França, de 7 de junho a 7 de julho. O Brasil está no Grupo C. Estreia no dia 9, contra a Jamaica. Quatro dias depois, enfrenta a Austrália. Encerra a participação na primeira fase diante da Itália, em 18 de junho.

Sedes anteriores da Copa do Mundo Feminina da Fifa

  • 1991 - China
  • 1995 - Suécia
  • 1999 - Estados Unidos
  • 2003 - Estados Unidos
  • 2007 - China
  • 2011 - Alemanha
  • 2015 - Canadá

Fonte: ClickPB / GE