Maradona tem 3 filhos em Cuba e pretende reconhecê-los, diz advogado

Até o momento, Maradona tinha cinco filhos de quatro mulheres. Se testes de DNA confirmarem a paternidade, o número subirá para oito.

Foto: Reprodução/Reuters
Por Ângela Duarte há 6 meses

O ex-astro do futebol argentino Diego Maradona tem três filhos em Cuba de duas mulheres diferentes e irá reconhecê-los legalmente, disse o advogado do ex-jogador nesta sexta-feira (8) em um programa de televisão local.

Até o momento, Maradona, atual técnico do time mexicano Dorados de Sinaloa, tinha cinco filhos de quatro mulheres. Se confirmada a paternidade, o número subirá para oito.

“Eu respeito tanto Jana, como Junior, Dalma, Gianina e as crianças de Cuba”, disse o advogado Matías Morla, em entrevista ao canal 13, em referência aos filhos do jogador. Morla acrescentou que Maradona pretende viajar a Havana no meio do ano.

“Vamos fazer os exames de DNA. São de mulheres diferentes e Diego (Maradona) irá reconhecê-los quando voltar a Cuba”, disse Morla ao jornal argentino Clarín.

O advogado afirmou que as reivindicações de paternidade estão na Justiça cubana e que o jogador pretende dar aos filhos o seu sobrenome no futuro breve.

“Há uma medida (judicial) e quando (Maradona) chegar (a Cuba) tem que se apresentar a tribunais”, disse Morla, que afirmou manter diálogo com os filhos cubanos, cujos nomes não foram divulgados.

Maradona foi a Cuba pela primeira vez em 2000 para passar por um tratamento de reabilitação por seu vício em drogas. Com idas e voltas, ele esteve na ilha caribenha até 2005.

Segundo mídias locais, ao ser perguntado há algum tempo se Maradona poderia ter mais filhos do que os conhecidos até o momento, Morla teria dito: “Tenho medo em relação a Cuba. (...) Ele esteve lá por muito tempo, estava solteiro e se comportou mal”.


Fonte: G1