Clipe com mulher que acusa Neymar de estupro bomba após polêmica

Najila Trindade participou de "Fogo Cruzado", vídeo musical de pagode romântico, em 2017

Reprodução/Youtube
Por Ângela Duarte há 3 meses

Claudia

Najila Trindade Mendes de Souza, a jovem que acusa Neymar de estupro, participou de um videoclipe de pagode romântico intitulado “Fogo Cruzado”. O vídeo da canção, interpretada pelo cantor Zula, foi colocado no YouTube no dia 3 de agosto de 2017 e contava com pouco mais de 6 000 visualizações. Após as denúncias virem à tona, a peça já conta com mais de 700 000 visualizações.

O aumento repentino se deu a partir de segunda-feira (4) quando o nome da mulher foi revelado no programa de José Luiz Datena, na Band. Como o nome dela consta nos créditos, quando as pessoas buscavam por “Najila Trindade” elas caíam no vídeo.

“A gente está tentando aproveitar da melhor forma. Mas sem polemizar sobre o assunto e sem julgamentos. A gente não vai fugir da nossa ética apenas para aparecer”, disse ao jornal EXTRA um dos sócios do projeto musical, Diogo Zefhera.


Ao UOL, o cantor Zula afirmou que o clipe foi gravado todo em um dia apenas em uma casa em Alphaville, na grande São Paulo. A modelo não recebeu cachê e aceitou participar do projeto para criar portfólio.

Ao UOL, o cantor Zula afirmou que o clipe foi gravado todo em um dia apenas em uma casa em Alphaville, na grande São Paulo. A modelo não recebeu cachê e aceitou participar do projeto para criar portfólio.

Sobre a personalidade de Najila, ele diz que não pode comentar muito. “Conversamos pouco e não entramos na vida pessoal. Ela parecia bastante reservada, tranquila, profissional. Não tem nem muito o que falar, não dá para criar um conceito sobre uma pessoa em um dia. Até brincamos, mas não estabelecemos um vínculo de amizade. Até porque ela é modelo e tem um trabalho muito diferente do meu, que sou da música”, disse

Entrevista

Najila falou pela primeira vez sobre o caso ao jornalista Roberto Cabrini, do SBT, na noite da última quarta (5). 

Na mesma noite, um vídeo passou a circular na internet. Nele, a mulher agride o jogador e ele pede para ela parar. “Mas eu vou te bater. Sabe por que eu vou te bater? Por que você me agrediu ontem. Você me deixou aqui sozinha”, ela diz. Ele levanta em direção a ela, e os dois saem de cena.

Neymar nega as acusações de estupro.