IML aguarda familiares procurarem corpo de turista francês encontrado em Cabedelo

De acordo com o IML, a morte do turista François Guillon já foi comunicada ao Consulado

Por Ângela Duarte há 3 meses

ClickPB

O corpo do francês encontrado na manhã desse domingo (9) em um iate ancorado na praia do Jacaré, em Cabedelo, ainda não foi procurado por familiares, no Instituto de Medicina Legal (IML), em João Pessoa, na Paraíba. De acordo com o IML, a morte do turista François Guillon já foi comunicada ao Consulado. 

O turista já foi encontrado morto, por enforcamento. A chefe do Núcleo de Medicina Legal (Numol), Cristiane Freire, disse que a perícia criminal confirmou que teria sido suicídio e que o caso está com o delegado responsável Ademir Fernandes, da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa.

"O corpo está aqui, não apareceu ninguém ainda em busca dele. Já foi avisado ao Consulado e agora é aguardar para ver se eles fazem contato com algum familiar. Até o presente momento não veio ninguém da família ou uma pessoa conhecida, ninguém que tenha se manifestado conhecer a pessoa", disse Cristiane Freire ao ClickPB.      

Ela disse que o corpo está no IML, mas não sabe dizer se foi encontrado algum documento no corpo ou na embarcação. "A gente recebe o corpo. Tudo que é encontrado com o corpo é retirado durante a perícia criminal", explicou, afirmando que tudo que é encontrado com o corpo a perícia entrega ao delegado. 

O Portal ClickPB tentou entrar em contato com o delegado Ademir Fernandes, mas as ligações não foram atendidas.