Vereadora de João Pessoa tem celular clonado e golpista consegue extorquir R$ 900 de amiga

Eliza Virginia já fez o B.O e acusaa operadora de ter contribuído com o golpe, por não ter cobrado documentação de uma pessoa que fez o resgate do chip

Foto: Reprodução
Por Ângela Duarte há 5 meses

PBHoje

A vereadora Eliza Virginia teve o celular hackeado e uma pessoa do seu círculo de convivência caiu no golpe do falso empréstimo. A vereadora disse que teve problemas com o chip por volta das 15h desta quinta-feira (04) e às 18h30 começaram a chegar mensagens de pessoas questionando se ela estaria precisando de dinheiro, só então ela percebeu que havia sido hackeada.

“Ontem por volta das 15h ficou sem serviço, sem linha e internet ou whatsapp, fui informada que era problema na operadora e fiquei tentando resolver. Às 18h30 começaram a chegar as mensagens de amigas perguntando. Ligaram para o fixo, meu marido, meu filho, perguntando se eu estava realmente sem dinheiro e hoje teve a primeira vítima. Alguém depositou R$ 900,00”, disse.

O jornalista do Sistema Arapuan de Comunicação, Felipe Nunes, também recebeu mensagem do golpista. Durante um convite para entrevista, o golpista se passando pela vereadora pediu dinheiro “emprestado” ao jornalista.

“Ontem mesmo eu fiz a denúncia, o Boletim de Ocorrência, na delegacia de defraudações”, disse e acusou a operadora de ter contribuído com o golpe, por não ter cobrado documentação de uma pessoa que fez o resgate de um chip, dizendo que era dono do número da vereadora.

Eliza disse que é preciso ter muito cuidado e deu a dica: ‘não coloque dinheiro na conta de ninguém a pedido do whatsapp a não ser que tenha plena certeza que está falando com a pessoa. Eu sou uma pessoa pública e não acharam que eu estaria passando trote”, disse, justificando o fato de uma amiga ter caído no golpe.