R. Kelly é preso por não pagar pensão alimentícia de um dos filhos

Dívida gira em torno de US$ 161 mil. Cantor também está envolvido em casos de abuso sexual e chegou a ficar preso por três noites há duas semanas

Foto: Ashlee Rezin/Chicago Sun-Times via AP
Por Ângela Duarte há 8 meses

O cantor americano R. Kelly, que enfrenta um processo judicial após ser acusado de abusar de menores de idade, foi preso nesta quarta-feira (6) por não pagar a pensão alimentícia de um de seus três filhos.

O artista está sob a custódia da polícia do condado de Cook e deve permanecer devido até a próxima audiência do caso, segundo o jornal "USA Today". A dívida do cantor é de US$ 161 mil.

No estado de Illinois, onde Kelly foi preso, dever mais de US$ 20 mil em pensão alimentícia representa um crime punido com prisão.

Kelly foi preso recentemente após ser denunciado de ter cometido abuso sexual por três pessoas, totalizando dez acusações. Caso condenado, ele pode pegar de três a sete ano de reclusão por cada uma delas. O cantor responde em liberdade após pagar fiança.

O músico afirmou ser inocente. No entanto, a acusação entregou ao juiz do caso um vídeo no qual Kelly é gravado em uma relação sexual com uma das vítimas, que era menor de idade na ocasião.

Nas últimas semanas, o caso voltou a ganhar os jornais devido à exibição de um documentário pelo canal "Lifetime", que contava a história dos abusos supostamente cometidos por ele.

Poucas horas antes de ser preso hoje, Kelly concedeu entrevista à emissora "CBS" e voltou a negar as acusações. Além disso, afirmou que o documentário mostra uma versão distorcida dos fatos.

"Se você assistir ao documento, o que eu tenho certeza que você fez, todo mundo diz algo ruim de mim, ninguém diz nada de bom. Me pintam como um Lúcifer. Não sou Lúcifer, sou um homem. Cometo erros, mas não sou um demônio, não sou um mostro", disse o cantor.


Fonte: G1