Marcio Murilo é eleito para ocupar presidência do TJ-PB

Vice-presidência será ocupada pelo desembargador Arnóbio Alves Teodósio

Por Iracema Almeida há 10 meses

Após apuração da eleição, o desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos foi eleito para o biênio 2-19-2020, com 14 votos, para presidir o Tribunal de Justiça da Paraíba, na manhã desta quarta-feira (14). A vice-presidência do órgão será ocupada pelo desembargador Arnóbio Alves Teodósio, que obteve 11 votos.

Também participaram da disputa outros oito desembargadores: Saulo Henrique de Sá Benevides, João Alves da Silva, Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho, Leandro Santos, João Benedito da Silva, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, Ricardo Vital de Almeida e Maria das Graças Morais Guedes.

A Corregedoria-Geral do TJ-PB será ocupada pelo desembargador Marcelo Romero. Também se inscreveram os desembargadores Saulo Henriques de Sá e Benevides, Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, João Alves da Silva, Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho, Maria das Graças Morais Guedes, Leandro dos Santos, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho e Ricardo Vital de Almeida. 

A eleição vem sendo organizada desde o dia 25 de outubro, com a abertura das inscrições, resultando em 10 desembargadores inscritos para o cargo de presidente; nove para o cargo de vice-presidente e oito para o de corregedor-geral de Justiça. A escolha para os cargos de diretor da Escola Superior da Magistratura e ouvidor-geral ocorrerão logo após a dos Órgão Diretivos, conforme o Regimento Interno.