TJMG manda envolvidos em desastre da Vale voltarem para a prisão

Mérito dos habeas corpus que soltaram 13 presos foi julgado nesta quarta-feira. Entre os envolvidos há 11 funcionários da Vale e dois da TUV Sud

Foto: Carlos Amaral/G1
Por Ângela Duarte há 8 meses

A 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) decidiu nesta quarta-feira (13) que os 13 envolvidos no desastre da Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que haviam sido presos e liberados sejam presos novamente. No julgamento do mérito de 12 habeas corpus, um deles duplo, os desembargadores indeferiram os pedidos para revogação da prisão temporária.

O primeiro grupo, com três funcionários da Vale e dois da TUV Sud – empresa que atestou a segurança da barragem – foi preso dia 29 de janeiro e liberado no dia 05 de fevereiro. O segundo grupo, de oito funcionários da Vale, foi preso em 15 de fevereiro e solto no dia 27 do mesmo mês. Todas as solturas ocorreram por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

No julgamento, as defesas argumentaram que os investigados estão colaborando com a força-tarefa, que investiga o rompimento – ocorrido em 25 de janeiro –, disseram ainda que os investigados estão à disposição da Justiça e que não há fundamentação para as prisões, que elas são desnecessárias e ilegais.

Já os desembargadores, que foram unânimes na decisão, argumentaram que houve elevada gravidade no delito, que as prisões são necessárias para o andamento do inquérito, a busca de esclarecimentos, a reunião de provas e visam assegurar resultados práticos para trabalho da força-tarefa.

Saiba quem são os 13 envolvidos

  1. 1- Alexandre de Paula Campanha - Gerente-executivo da geotecnia corporativa da Vale
  2. 2- André Yum Yassuda - engenheiro da TUV SUD
  3. 3- Artur Bastos Ribeiro - Gerência de geotecnia
  4. 4- Cristina Heloiza da Silva Malheiros - Gerência de geotecnia
  5. 5- Felipe Figueiredo Rocha - Setor de gestão de riscos geotécnicos
  6. 6- Cesar Augusto Paulino Grandchamp - geólogo da Vale
  7. 7- Makoto Namba - engenheiro da TUV SUD
  8. 8- Hélio Márcio Lopes de Cerqueira - Setor de gestão de riscos geotécnicos
  9. 9- Joaquim Pedro de Toledo - Gerente-executivo da geotecnia operacional da Vale
  10. 10- Marilene Christina Oliveira Lopes de Assis Araújo - Setor de gestão de riscos geométricos
  11. 11- Renzo Albieri Guimarães Carvalho - Gerência de geotecnia
  12. 12- Ricardo de Oliveira - gerente de Meio Ambiente Corredor Sudeste da Vale
  13. 13- Rodrigo Artur Gomes Melo - gerente executivo do Complexo Paraopeba da Vale

Fonte: G1