Veleiro com a ativista adolescente Greta Thunberg chega a Nova York após atraso

Ela ficou conhecida por faltar às aulas para protestar pelo clima. Viagem é para participar de uma conferência sobre o clima na Organização das Nações Unidas (ONU).

Foto: Reprodução/Instagram/Greta Thunberg
Por Ângela Duarte há 2 meses

G1

O veleiro da adolescente ativista Greta Thunberg, que ficou conhecida após faltas às aulas nas sextas-feiras para protestar pelo clima, atracou em Coney Island, em Nova York, nesta quarta-feira (28).

A sueca de 16 anos viaja para participar de uma conferência sobre o clima na Organização das Nações Unidas (ONU). Ela está acompanhada do pai, Svante Thunberg.

A chegada do veleiro estava prevista para terça (27), mas mudanças no tempo impediram que o cronograma da viagem fosse mantido.

"Mar agitado no sul da Nova Escócia [Canadá]. Mas as condições [de navegação], se aproximando de Nova York, serão mais lentas do que o esperado", tuitou ela.

Greta se recusou a viajar de avião por causa das emissões de carbono, mas Pierre Casiraghi, filho da princesa Caroline de Mônaco, colocou à sua disposição o "Malizia II", um veleiro com "zero emissão de carbono".

No início de seu último ano do Ensino Médio, há um ano, Thunberg criou o movimento ambiental "sextas-feiras para o futuro", que adquiriu dimensão internacional entre os jovens.

O movimento já teve repercussão até no Brasil, com mobilização em defesa do meio ambiente.