Grupo criminoso é desarticulado em Puxinanã

Foram presas três pessoas investigadas por tortura

Por Ângela Duarte há 4 meses

Uma operação integrada das Polícias Civil e Militar da Paraíba prendeu, nessa terça feira (23), três pessoas na região de Esperança, no Agreste Paraibano. A ação, que recebeu o nome de Operação “Bagaceira”, teve como objetivo desarticular um grupo criminoso liderado por Gerson Bagaceira, responsável pela prática dos crimes de tráfico de drogas, roubos e homicídios no município de Puxinanã e cidades vizinhas.

Na ação foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão contra Lúcia Maria Gomes Silva, José Tiago da Silva e José Roberto Souza. Os três são investigados pela prática de tortura. O crime teria sido ordenado e narrado por Lúcia Maria. A tortura foi registrada em vídeo amplamente divulgado em mídias. 

Os levantamentos policiais mostram que Lúcia Maria é o braço direito do companheiro. Ela foi presa em flagrante em junho de 2018 por tráfico de drogas, mas foi libertada na audiência de custódia pois tinha acabado de ter um filho, e recebeu o beneficio de  prisão domiciliar monitorada. Agora, ela e os outros dois suspeitos presos foram encaminhados para os Presídios onde vão aguardar pelo julgamento.

 A polícia continua as buscas para localizar e capturar Gerson Bagaceira. Qualquer informação sobre o paradeiro dele é só ligar para o número 197, Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds). Não precisa se identificar, todas as informações serão investigadas.


Com Assessoria