Homem é achado e preso após pedir churrasco, açaí e sushi por aplicativo em celular roubado em Fortaleza

O assaltante chegou a pedir R$ 90 de churrasco, R$ 60 de sushi e R$ 50 de açaí, segundo a vítima. O homem foi preso por receptação e estelionato

Foto: Reprodução
Por Ângela Duarte há 5 meses

Fonte: G1

Um homem foi preso após pedir comida por aplicativo de celular roubado, na madrugada desta quarta-feira (29), em Fortaleza. A polícia foi ao endereço enviado pelo suspeito no app, e, ao chegar ao local, flagrou quando ele recebeu os produtos do entregador. Francisco José Simião Barros, 21 anos, foi conduzido para o 34º Distrito Policial e autuado em flagrante por receptação e estelionato. Ele não tinha antecedentes criminais, segundo a Secretaria de Segurança Pública.

A vítima, um publicitário de 24 anos que pediu para ser identificado apenas como Júnior, sofreu o roubo nas proximidades da Avenida Borges de Melo, por volta de 20h da terça-feira (28). Segundo ele, o assaltante estava armado, em uma moto.

Após roubar o celular do publicitário, o suspeito ainda o seguiu com a moto para impedir que ele pedisse ajuda, contou Júnior. Ao chegar em casa, o rapaz registrou um boletim de ocorrência pela internet.

Algumas horas depois do crime, a mãe da vítima passou a receber notificações no celular sobre compras feitas no cartão de crédito. Os registros eram de pedidos de comida feitos por um aplicativo cadastrado no celular do publicitário assaltado. Segundo Junior, o assaltante chegou a pedir R$ 90 de churrasco, R$ 60 de sushi e R$ 50 de açaí.

Acessando o aplicativo pelo computador, o rapaz identificou o endereço da entrega e acionou a polícia. Ele também entrou em contato com os estabelecimentos e restaurantes para explicar a situação. A prisão ocorreu na Avenida Pasteur, no Bairro Carlito Pamplona.

Os policiais abordaram o suspeito logo após ele receber um dos pedidos. Dentro do veículo que estava com Simião, além do aparelho roubado, a polícia encontrou outros quatro celulares.

Um casal que estava com o suspeito também foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos.

A vítima do assalto compareceu à unidade para recuperar o telefone.