Homem é preso suspeito de castigar nora a rezar de joelhos sob o sol, em João Pessoa

Caso foi denunciado por vizinho; homem nega que tenha agredido ou humilhado a nora

Foto: Reprodução
Por Ângela Duarte há 1 mês

ClickPB

Um homem foi preso em flagrante suspeito de agredir a nora, no bairro do Roger, em João Pessoa, nesta quarta-feira (21). A mulher, de 22 anos, contou à Polícia Civil que mora na casa do suspeito há um ano e meio e que, durante esse período, sofreu agressões verbais, humilhações, ameaças e castigos.

A delegada Luisa Correia, da Delegacia da Mulher da Zona Norte, explicou que a denúncia foi feita por um vizinho. “Nesse dia específico, ele obrigou ela a ficar ajoelhada uma hora, no sol, orando. Ela ficou chorando, dizendo que o joelho estava doendo e os vizinhos acionaram a polícia”, disse.

A vítima é companheira do filho do suspeito e relatou à polícia que era submetida a diversos castigos e que chegou a perder mais de 20 kg, pois passar fome fazia parte das punições.

De acordo com a delegada Luisa Correia, o homem negou os fatos e comentou que não concorda com o comportamento da nora. Além disso, ele afirmou que a mulher fala muitos “palavrões” e que, por isso, tinha que passar por essa espécie de penitência.

O companheiro da mulher e vizinhos foram ouvidos e o caso foi enquadrado na Lei Maria da Penha. Uma medida protetiva foi solicitada para a vítima, que foi liberada após prestar depoimento. O suspeito foi levado para a carceragem da Central de Polícia, onde deve aguardar audiência de custódia.