MPPB acompanha investigações sobre assassinato de líderes do MST

Violência ocorreu no acampamento Dom José Maria Pires, em Alhandra

Por Iracema Almeida há 11 meses

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) está acompanhando as investigações policiais sobre o duplo assassinato de lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), ocorrido na noite do último sábado (8), no município de Alhandra, no Litoral Sul da Paraíba.

A promotora de Justiça de Alhandra, Ilcléia Mouzalas, instaurou procedimento administrativo para acompanhar as investigações sobre as mortes de Rodrigo Celestino e José Bernardo da Silva (conhecido como Orlando), ocorridas no acampamento Dom José Maria Pires e já está mantendo contato direto com a delegada que preside o inquérito policial e com o delegado-geral.

O procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho, também designou o promotor de Justiça Márcio Gondim para auxiliar nos trabalhos da promotoria de Alhandra.

O crime chocou a sociedade paraibana, causando indignação em diversos segmentos, devido à possibilidade de ofensa a valores democráticos, sociais e constitucionais de alta relevância para o Ministério Público, como o direito à vida e o direito à liberdade de associação e organização social.