Mulher é agredida e baleada no olho, na PB; suspeito é o ex-companheiro, diz polícia

Vítima estaria tentando socorrer a filha de agressões pelo ex-companheiro. Além do tiro, ela foi agredida com vários socos na cabeça e precisou ser levada para hospital em Campina Grande

Foto: João da Paz/Ascom Trauma de Campina Grande
Por Ângela Duarte há 5 meses

Fonte: G1

Uma mulher de 25 anos foi vítima de uma tentativa de feminicídio na noite da terça-feira (21), em Teixeira, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito é o ex-companheiro da vítima que, após agredir a mulher, atirou com uma espingarda no olho esquerdo dela.

O caso aconteceu por volta das 19h40, no Sítio São Francisco, zona rural da cidade. De acordo com a polícia, o ex-companheiro da vítima foi até a casa dela e começou a agredir a filha do casal. Na tentativa de socorrer a filha, a mulher também foi agredida pelo suspeito com vários socos na cabeça.

Conforme a PM, após ser agredida, a vítima ligou para a Polícia Militar, mas o homem fugiu do local. Policiais foram até a casa da atual mulher do suspeito, que informou que ele também não estava na residência.

Enquanto a polícia procurava pelo homem, ele teria voltado na casa da ex-mulher e atirado com uma espingarda no olho esquerdo dela, depois fugiu do local. A vítima foi socorrida por vizinhos até o Hospital Sancho Leite, em Teixeira. Em seguida, ela precisou ser encaminhada para o Hospital Regional de Patos.

Na manhã desta quarta-feira (22), a polícia informou que a mulher também precisou ser transferida para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. De acordo com a assessoria de imprensa da unidade hospitalar, o estado de saúde dela é estável.

Até as 12h desta quarta, a assessoria do hospital havia informado que a mulher estava sob avaliação médica e que, caso precisasse passar por cirurgia, seria transferida novamente para outro hospital da cidade. Ainda segundo a polícia, o suspeito, de 40 anos, não havia sido localizado.