Mulher é estuprada pelo cunhado e morre após ser queimada pelo namorado

Ela teve 80% do corpo queimado, namorado achou que estava sendo traído

Foto: Facebook / Reprodução
Por Ângela Duarte há 8 meses

Uma mulher morreu, na madrugada desta quinta-feira (7), após sofrer um estupro e ser queimada viva, pelo cunhado e pelo namorado, respectivamente. Isabela Miranda de Oliveira tinha 19 anos e era estudante de administração. O crime aconteceu em Franco da Rocha, São Paulo.

 Testemunhas, que estavam na chácara onde tudo ocorreu, relataram que a agressão se deu após o homem, William Felipe Alves, de 21 anos, ver Isabela, que estava bêbada e descansando, na cama com o cunhado dele, Leonardo da Silva. Tudo indica que ela foi vítima de estupro. 

William foi preso em flagrante, a irmã dele também é investigada por ter agredido a mulher, e seu noivo, o cunhado de Isabela, foi tratado como vítima pelo Boletim de Ocorrência, contrariando o que as testemunhas informaram (que ele a abusou sexualmente). Isabela, que estava internada desde o último dia 3, foi enterrada nessa manhã (8).

A Secretaria de Segurança Pública diz que o inquérito continua em andamento e que duas testemunhas já foram ouvidas. A secretaria não informou se o caso será ou não tipificado como feminicídio.

Com Assessoria