Suspeitos são presos e armas e drogas são apreendidas em Catolé do Rocha e São Bento

ações foram realizadas durante a Operação Sertão Integrado

Foto: Divulgação
Por Ângela Duarte há 5 meses


Em operação policial denominada Sertão Integrado, iniciada nessa quarta-feira (27) e concluída na manhã desta quinta-feira (28), as Polícia Militar e Civil e o Corpo de Bombeiros Militar realizaram ações que resultaram na prisão de cinco suspeitos de crimes e no cumprimento de três mandados de prisão, além da apreensão de entorpecentes e de uma arma de fogo. A operação, que teve o objetivo de combater os homicídios, tráfico de drogas e organizações criminosas deu cumprimento a 14 mandados de busca e apreensão.

 

Um homem de 28 anos foi preso no bairro Tancredo Neves, em Catolé do Rocha. Na residência do suspeito foram encontradas porções de substância semelhante à cocaína, sacos usados para embalar drogas, caderno com anotações referentes a dívidas com tráfico, seis aparelhos celulares e uma quantia de dinheiro. Em outra residência, no loteamento São Paulo, foram encontrados um revólver calibre 38 com dez munições e uma balança de precisão. Um suspeito foi preso por porte ilegal de arma de fogo.

 

Entre as três pessoas detidas em cumprimento a mandados de prisão, um era foragido da Justiça do Rio Grande do Norte e foi detido na tarde da quarta-feira, e outros dois foram localizados e presos na manhã desta quinta-feira, sendo um em Catolé do Rocha e outro no município de São Bento (foragido).

 

Para o delegado seccional da área que engloba o município de Catolé do Rocha, Sylvio Rabello, o principal objetivo da operação é deter determinadas pessoas que são integrantes de grupos criminosos e vêm praticando a rivalidade com os outros grupos criminosos. “Nós pedimos entre 15 e 20 mandados de busca e apreensão. No amanhecer de hoje, a Polícia Civil e Militar saímos para cumprir os mandados. Seis pessoas foram recolhidas, entre elas por mandados de prisão”, relatou o delegado.

 

O major Esaú de Lucena, comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar, avalia que a operação teve um resultado positivo. “Conseguimos tirar de circulação alguns indivíduos que vinham praticando delitos na região. E estamos dando continuidade ao trabalho preventivo e repressivo qualificadamente, com a integração de todas as forças no combate à criminalidade na região”, ressaltou o major.

 

Outros três suspeitos foram detidos ainda durante a operação. Um deles foi preso pelo crime de furto, outro foi detido ao ser flagrado de posse de substância semelhante à maconha, e um terceiro foi detido pelo crime ambiental de manter animais silvestres em cativeiro sem autorização de órgão competente.  


Com assessoria