Jair Bolsonaro tenta acalmar bancada evangélica

Presidente eleito pretende "agradar" os evangélicos em breve

Por Iracema Almeida há 9 meses

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) já compreendeu que há um problema real de insatisfação das lideranças evangélicas, como o BR18 revelou na quinta-feira, desde que a lista de candidatos ao Ministério da Cidadania foi ignorada pelo presidente eleito, apesar de ter sido encomendada à bancada.

Ele pretende fazer um aceno político, em breve, para tentar acalmar o grupo, que lhe apoiou vigorosamente na campanha e tem bancada muito expressiva no Congresso.

Br18