CBTU aponta responsabilidade da Prefeitura de Campina Grande em descarrilamento do Trem do Forró

Trem descarrilou no último domingo, mas caso veio à tona após denúncia do Sindicato dos Trabalhadores Empresas Ferroviárias no Estado da Paraíba

Foto: Medow Entertainment/Codecom
Por Ângela Duarte há 4 meses

ClickPB

Três dias após um descarrilamento do “Trem do Forró”, no passeio entre Campina Grande e o distrito de Galante, como parte da programação do Maior São João do Mundo, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos - CBTU soltou apenas nesta quarta-feira (19) nota se posicionando sobre o incidente ocorrido no último domingo (16). O caso só veio à tona após denúncia do Sindicato dos Trabalhadores Empresas Ferroviárias no Estado da Paraíba. 

O sindicato acredita que, depois do descarrilamento, a viagem não é segura. A atração é muito procurada por turistas. 

A CBTU alegou, no entanto, que "o descarrilamento da  locomotiva se deu após o encerramento das viagens, em função do acúmulo de água sobre os trilhos, decorrente das fortes chuvas vivenciadas desde a semana passada". E afirmou que "tão logo verificada a ocorrência, a promotora do evento providenciou toda a logística necessária para recolocar a composição nos trilhos, bem como a Prefeitura de Campina Grande mobilizou pessoal para realizar serviços de reparo emergencial na via, tudo devidamente acompanhado por técnicos da CBTU". 

A CBTU também informou que não tem responsabilidade sobre a manutenção do transporte. Segundo a Companhia, "a responsabilidade pela manutenção do trecho ferroviário utilizado para o evento não é da CBTU, cabendo a esta Companhia, tão somente, a locação da composição e o fornecimento de mão de obra para operação do trem nos dias das viagens". 

O órgão federal afirma que há um acordo firmado em que o Município de Campina Grande e a empresa promotora do evento ficaram responsáveis por realizar as intervenções necessárias junto à faixa de domínio da ferrovia para garantir a segurança da operação.

NOTA

CBTU João Pessoa - Nota de esclarecimento 

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos - CBTU, vem, por meio da presente nota, prestar esclarecimentos a respeito de notícias divulgadas por órgãos da imprensa local quanto ao descarrilamento da locomotiva envolvida no evento Forró nos Trilhos, na cidade de Campina Grande, no último fim de semana.

Ao contrário do que tem sido divulgado, a responsabilidade pela manutenção do trecho ferroviário utilizado para o evento não é da CBTU, cabendo a esta Companhia, tão somente, a locação da composição e o fornecimento de mão de obra para operação do trem nos dias das viagens. Conforme instrumento firmado entre a CBTU, o Município de Campina Grande e a empresa promotora do evento, compete a estes dois últimos realizar as intervenções necessárias junto à faixa de domínio da ferrovia para garantir a segurança da operação.

Frisamos que o descarrilamento da  locomotiva se deu após o encerramento das viagens, em função do acúmulo de água sobre os trilhos, decorrente das fortes chuvas vivenciadas desde a semana passada. Tão logo verificada a ocorrência, a promotora do evento providenciou toda a logística necessária para recolocar a composição nos trilhos, bem como a Prefeitura de Campina Grande mobilizou pessoal para realizar serviços de reparo emergencial na via, tudo devidamente acompanhado por técnicos da CBTU.

Deste modo, ao contrário do que tem sido enfaticamente afirmado pelo Sindicato dos Trabalhadores Empresas Ferroviárias no Estado da Paraíba, o trecho utilizado para promoção do evento não oferece riscos, tendo sido inspecionado e aprovado pela ANTT, atestando-se as condições de segurança necessárias.

Por fim, a CBTU ressalta que o evento Forró nos Trilhos, em suas diversas edições, vem sendo realizado há cerca de 20 anos, com importância, segurança e qualidade reconhecidas pelo público, tendo se incorporado ao calendário cultural da Paraíba e de todo o país. Ao contrário do que tem sido afirmado, nenhum forrozeiro ficará na mão e o forró continuará nos trilhos.

 *Paulo Barreto Superintendente*

Saiba mais:

FORRÓ NOS TRILHOS

  • Leva os turistas da Estação Velha, em Campina Grande, até o distrito de Galante,
  • É um passeio de trem embalado pelo autêntico forró “pé-de-serra”.
  • O trajeto de 12 km de extensão que é feito em uma locomotiva totalmente decorada e conta com um trio de forrozeiros em cada vagão. Cada trecho da viagem dura em média uma hora e meia.
  • Na chegada a Galante, os passageiros são recebidos pelas quadrilhas juninas
  • e muito calor humano continuando a dançar o autêntico forro pé de serra, além de saborear os pratos típicos da região.