Com a chuva, casos de gripe tendem a aumentar; confira dicas de como se prevenir:

Em caso de suspeita, o paciente deve procurar atendimento médico o mais rápido possível

Por Ângela Duarte há 3 meses

Uma infecção aguda do sistema respiratório, a gripe (Influenza) tem grande potencial de transmissão e distribuição global. A intensidade de casos aumenta quando começa o período de chuva.

 
Pessoas de todas as idades podem ser acometidas por influenza, mas algumas são mais propensas a desenvolver complicações ou quadros graves. A gripe tem início com febre que dura em torno de três dias, seguida pela dor muscular, dor de garganta, coriza e tosse. Confira algumas medidas preventivas que podem ser tomadas:
 
-> Higienizar as mãos com água e sabão ou com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar ou depois de usar o banheiro, antes das refeições e antes e depois de tocar os olhos, a boca e o nariz; 

-> Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (corrimão, bancos, maçanetas);

-> Manter hábitos de alimentação saudáveis, com ingestão de líquidos e realização de atividades físicas.
 
Indivíduos com sintomas de gripe devem evitar contato com outras pessoas. Em caso de suspeita, o paciente deve procurar atendimento médico o mais rápido possível.
 
Na Paraíba, até 1º de junho, foram notificados 168 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) hospitalizados. Desse total, 17 casos foram confirmados para Influenza, com cinco óbitos. O estado tem uma cobertura de 93,04% da população vacinada.
 
Com Assessoria