Por que temos mau hálito pela manhã?

Cuidar da higiene bucal à noite é uma das maneiras de evitar o mau odor matinal e prevenir outros problemas de saúde

Fonte: aboina.wordpress
Por Ângela Duarte há 8 meses

Você já acordou pela manhã e percebeu um gosto estranho, acompanhado de mau hálito? Podemos dizer que essa situação não é incomum e causa bastante desconforto, tanto para quem sofre com o mau hálito matinal quanto para quem o sente. Mas você sabe por que essa sensação ocorre com tanta frequência?

De acordo com a dentista clínica geral Eliana Avelãs (CRO 32254-SP), o problema está relacionado principalmente à baixa salivação noturna. "A gente tem bactérias que se proliferam na boca e quando dormimos, o fluxo de saliva, que como uma das funções auxiliar na eliminação de germes, diminui e favorece o crescimento dessas bactérias. Então, a diminuição da salivação é uma das razões. Outra causa comum é o jejum prolongado", explica.

O ortodontista e cirurgião dentista Paulo Cavalcanti (CRO 18722-RJ) ressalta que o mau hálito matutino pode ser considerado normal quando não afeta a qualidade de vida do indivíduo.

"A halitose só pode ser considerada comum quando não é excessiva, o mau cheiro vem de formação de gases da digestão. É preciso lembrar que o odor forte preconiza que algo não está correto, então, é importante ir ao profissional, pois existem recursos para amenizá-lo que vão além da escovação e fio", reforça.

O mau hálito matutino pode ainda ser causado por má higiene bucal, lesões de cárie, problemas estomacais e amígdalas inflamadas, além de problemas relacionados ao sistema respiratório, o que faz com que as pessoas não respirem pelo nariz, deixando a boca mais seca.

Como diminuir o mau hálito pela manhã?

O mau hálito matutino pode ainda ser causado por má higiene bucal, lesões de cárie, problemas estomacais e amígdalas inflamadas, além de problemas relacionados ao sistema respiratório, o que faz com que as pessoas não respirem pelo nariz, deixando a boca mais seca.

"É importante não se esquecer de higienizar a língua, de preferência com um raspador. A língua tem um ?tapete? e nesses ?vãos? acumulam-se resíduos de bactérias e alimentos. Então, a língua também é um dos principais responsáveis pelo mau hálito", destaca a dentista Eliana Avelãs.

Outro ponto fundamental é que, após a higienização noturna, você deve evitar a ingestão de alimentos e bebidas artificiais, pois eles podem se fixar na cavidade oral e entrar em processo de digestão e fermentação, feito pelo enxofre, que também tem odor muito característico. O resultado, pela manhã, será um forte mau hálito.

Outro ponto fundamental é que, após a higienização noturna, você deve evitar a ingestão de alimentos e bebidas artificiais, pois eles podem se fixar na cavidade oral e entrar em processo de digestão e fermentação, feito pelo enxofre, que também tem odor muito característico. O resultado, pela manhã, será um forte mau hálito.

E quando o mau hálito não é apenas matutino?

Apesar do mau hálito ser mais comum pela manhã, ele pode surgir devido a outros motivos, como diabetes, refluxo e ingestão de determinados medicamentos. Se for o caso, a dentista Eliana Avelãs alerta que é preciso observar como a halitose se manifesta no dia a dia e procurar ajuda caso seja frequente.

"O mau hálito causado por uma doença é diferente mau hálito normal. Para identificar do que se trata é preciso ir ao dentista e fazer uma investigação. Só o dentista tem mais condição de eliminar as causas básicas de mau hálito, pois, além da má higiene, cárie, doenças periodontais e vários problemas que estão na boca podem causar o mau hálito", explica.

O ortodontista Paulo Cavalcanti também reforça que o ideal é visitar o dentista a cada seis meses para que seja feita uma avaliação cuidadosa dos dentes, gengiva e toda a cavidade oral.


Fonte: Minha Vida