UPA de Bayeux é desinterditada eticamente pelo CRM-PB

A partir da zero hora deste sábado (01), unidade estará funcionando normalmente

Foto: Divulgação
Por Ângela Duarte há 5 meses

 No final da manhã desta sexta-feira (31), o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) desinterditou eticamente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Bayeux. A UPA estava interditada desde o dia 15 de maio por apresentar irregularidades como falta de medicamentos, insumos, equipamentos, roupa hospitalar, além de escala médica incompleta e segurança precária. Os médicos poderão voltar a atender na unidade a partir da zero hora deste sábado (01).

 O presidente do CRM-PB, Roberto Magliano de Morais, e o diretor de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, estiveram na UPA na sexta pela manhã e comprovaram o que as melhorias haviam sido feitas. “Não temos interesse em manter fechada nenhuma unidade de saúde. Ficamos satisfeitos com a resolução dos problemas e a volta do funcionamento normal da unidade”, disse Roberto Magliano.

Ele também acrescentou que o CRM solicitou à Prefeitura a realização de concurso público para a área da saúde.

Com Assessoria