Esse site usa inteligência artificial para criar fotos de pessoas que não existem

O sistema não é exclusivo para rostos e já conseguiu criar carros e gatos que não existem na vida real

Foto: Reprodução
Por Ângela Duarte há 6 meses

Os deepfakes, vídeos que substituem o rosto de uma pessoa por outra em um vídeo, deram o que falar em 2018  — com atrizes pedindo uma legislação para isso e serviços que fazem a substituição de maneira automatizada surgindo mensalmente. Agora, um desenvolver chamado Phillip Wang criou um site que usa inteligencia artificial para gerar uma variedade de rostos plausíveis, mas que não existem no mundo real. Chamado de “Essa pessoa não existe” (thispersondoesnotexist.com), o site usa hospeda uma tecnologia de rede neurais da NVIDIA para criar rostos usando um grande catálogo de fotos como base.

Os resultados ainda são imperfeitos, principalmente nos olhos (vide abaixo), mas já é suficientemente assustador que pessoas fidedignas sejam criadas por computadores de forma automatizada. É estranho ver uma foto tão realista e pensar que aquela pessoa definitivamente não existe.

Em uma entrevista ao Motherborad, o desenvolvedor conta que o algoritmo está alocado em um servidor que cria um rosto falso a cada dois segundos. De acordo com o Engaget, o site não é exatamente uma marca para a tecnologia de deepfakes, mas ajuda a trazer reconhecimento e criar discussões sobre os perigos dessas funcionalidades.

Deepfakes já estão se tornando problemas e uma série de sites como Twitter e Reddit estão tentando remover esses vídeos, enquanto outros como o Gfycat estão trabalhando em maneiras automatizadas de deletar os deepfakes.

O uso mais comum atualmente é na pornografia, colocando rostos de famosos em corpos falsos. Não existe uma legislação específica para esses casos em que o rosto de uma pessoa, celebridade ou não, é colocado no corpo de outra, o que faz com que a prática passe impune.

O sistema da NVIDIA para criar coisas com algoritmos não é exclusivo para rostos e já conseguiu criar carros, gatos e quartos que não existem na vida real.

Fonte: Jovem Nerd