Mark Zuckerberg anuncia que WhatsApp, Instagram e Messenger passarão a funcionar de maneira integrada

O anuncio foi feito pelo presidente-executivo via Facebook. A adaptação já está em debate, porém, sem data marcada para ser entregue

Foto: Stephen Lam / Reuters
Por Ângela Duarte há 6 meses

Ferramentas de trocas de mensagem como WhatsApp, Messenger e Instagram Direct passarão a funcionar de maneira integrada. A notícia foi dada pelo presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, na última quarta-feira, 7.

O executivo ressalta que a integração será feita por meio da permissão do usuário para que um aplicativo acesse os demais. Ainda não há previsão de quando a ideia será concretizada. Segundo Zuckerberg, deve levar alguns anos para que isso ocorra.

“Planejamos tornar possível que você mande mensagens aos seus contatos usando qualquer um dos nossos serviços”, escreveu. Vale lembrar que, tanto o WhatsApp quanto o Menseger e o Instagram pertencem à empresa de Zuckerberg.

Sob promessa de que as ferramentas oferecerão mais facilidade e segurança ao usuário, o executivo destacou em um texto publicado em seu perfil no Facebook, que antes de qualquer mudança ser estabelecida, ainda existem desafios significativos e questões que requerem mais discussão.

Contudo, apesar da mudança ainda ser tida como um sonho distante, o presidente-executivo do Facebook adiantou o que tem sido planejado para o momento de integração das redes: “Hoje, se você quiser mandar uma mensagem para alguém no Facebook, tem que usar o Messenger; no Instagram, o Direct; e, no WhatsApp, o WhatsApp. Queremos dar a opção de contatarem seus amigos de todas as redes com o app que preferirem”, explicou Zuckerberg.

Apesar de não considerar ou mencionar a possibilidade de fusão dos aplicativos, Zuckerberg relatou que futuramente quando o usuário fizer uma publicação no Facebook ou Instagram, ferramentas que atualmente já funcionam de maneira integrada, as reações dos amigos poderão ser vistas em um único lugar.


Fonte: Jornal Opção