Detran apreendeu 71 CNHs de motoristas alcoolizados em fevereiro

A operação ainda autuou 81 condutores em flagrante, pela prática de outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

Foto: Reprodução
Por Ângela Duarte há 6 meses

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), por meio da Operação Lei Seca, notificou 76 motoristas por excesso de álcool no sangue (alcoolemia) durante o mês de fevereiro. O balanço foi divulgado, nesta sexta-feira (1º), pela Coordenação de Policiamento e Fiscalização de Trânsito do órgão.

Ao todo, foram realizados 939 testes de bafômetro neste mês, o que resultou na apreensão de 71 carteiras de habilitação (CNHs) e na remoção de 22 veículos aos pátios do órgão. De acordo com o balanço mensal, três motoristas foram conduzidos até a delegacia. A operação ainda autuou 81 condutores em flagrante, pela prática de outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Segundo o coordenador de Policiamento e da Lei Seca, major Edmilson Castro, “muitos motoristas ainda insistem em desobedecer às leis de trânsito, mas os agentes da Operação Lei Seca, com o apoio da Polícia Militar, estão empenhados para que vidas sejam preservadas no trânsito”, afirmou.

O CTB prevê que os condutores de veículos flagrados sob efeito de álcool estão sujeitos à multa no valor de R$ 2.934,70, além de responder a processo administrativo de cassação da CNH por um ano. Em caso de reincidência, será cobrado o dobro do valor da multa e o condutor responderá pela cassação da CNH pelo período de dois anos.


Com assessoria